Participe do sorteio: Transforme a educação e concorra a prêmios!

Participe do sorteio: Transforme a educação e concorra a prêmios! Quanto mais cursos você concluir, mais chances de ganhar.

Certificado De Autorização Secap/Me Nº 01.013577/2021

Imagem horizontal com visão de cima para baixo de grupo de alunos colaborando em um projeto na mesa.
Produção colaborativa de conhecimento: redes para multiplicar e aprender
Produção colaborativa de conhecimento: redes para multiplicar e aprender
Indique este curso:

*** 100% gratuito | Alinhado à BNCC ***

O mundo digital revolucionou a forma como nos comunicamos e lidamos com a informação, com o tempo e o espaço: ampliou os acessos, rompeu fronteiras, multiplicou dados e os meios de portá-los. Além dessas conquistas, mudou a forma como construímos o conhecimento.

A colaboração é uma das mais promissoras possibilidades com que contamos desde a chamada Web 2.0 ou segunda geração da Internet. Nos últimos anos, vivenciamos, ainda, o desenvolvimento da Web 3.0, capaz de personalizar conteúdos e fluxos de informação, e da Web 4.0, marcada pelo uso massivo da inteligência artificial e pela análise de grandes volumes de dados para tomadas de decisão.


Agora, como aproveitar a potência de toda essa conexão com nossos alunos? Como incentivar as construções coletivas em sala de aula e em outros ambientes (considerando, por exemplo, o panorama do ensino remoto)? Como criar redes entre escolas? Essas e outras questões guiarão o curso, com práticas e inspirações alinhadas a competências e habilidades previstas pela BNCC (Base Nacional Comum Curricular).

>>> Para recomendar a colegas, clique nos ícones acima.

Como esse curso inova
Inova ao instrumentalizar o professor para usos construtivos e contextualizados de diferentes tecnologias com seus alunos, enfatizando a criatividade, a cooperação e o trabalho em rede.
25 de outubro a 22 de novembro

Essa experiência foi maravilhosa, levando à interação não só das crianças, mas também à participação de toda a família, mergulhando em um universo de conhecimentos e aprendizagem de forma espontânea e prazerosa. Assim posso afirmar que, nesta rede de ensino, todos terão uma maior produção em colaborar com a multiplicação dos novos conhecimentos.

Josileide Ferreira, PB.

OBJETIVOS

A partir do curso, espera-se que o professor:

  • apresente uma compreensão ampliada sobre os conceitos de grandezas e medidas e suas relações com outros conceitos matemáticos e de outros campos;
  • inspire-se por meio dos materiais de apoio e das vivências proporcionadas para realizar seu planejamento e potencializar sua prática pedagógica;
  • favoreça ao aluno a operação eficiente com grandezas mensuráveis na resolução de problemas e em situações do cotidiano.

A partir da aplicação de aprendizagens construídas no curso pelo educador, espera-se que o estudante:

  • comunique-se de forma eficiente em contextos de produção textual colaborativa;
  • utilize recursos de escrita e ferramentas multimídia para desenvolver produções autorais com coesão, coerência e adequação à finalidade de interlocução;
  • respeite pontos de vista diversos em construções coletivas;
  • seja capaz de desenvolver narrativas digitais individual e colaborativamente.

 

UNIDADES

Unidade 1: Colaboração na rede - possibilidades e reflexões

A unidade realiza uma varredura pelas diferentes fases da internet e analisa as potencialidades da atual geração da rede de computadores para o desenvolvimento dos aprendizes, considerando, sobretudo, os aspectos de colaboração, autoria e expressão.

Unidade 2: A escrita a muitas mãos

Na unidade 2, são examinadas ferramentas de escrita colaborativa e experimentados métodos para adotá-la com os alunos. As inspirações disponibilizadas buscam ajudar os docentes a abrir horizontes como escritores e orientadores de futuros escritores.

Unidade 3: Produção multimídia colaborativa

Na unidade 3, são exploradas diversas estratégias e ferramentas que potencializam a produção colaborativa multimídia. Apresentações, planilhas, mapas, imagens, vídeos e até programas de computador são alguns dos recursos analisados na perspectiva da autoria em rede.

 

ALINHAMENTO À BNCC

Produções colaborativas mobilizam muitas das competências previstas pela BNCC para o ensino fundamental na área de Linguagens. A unidade 1 da formação, dedicada ao estudo de redes sociais, contribui com o desenvolvimento de competências do componente de Língua Portuguesa de forma mais específica, tais como o reconhecimento da linguagem escrita como forma de interação nos diferentes campos, a inserção ativa na cultura letrada e o envolvimento com autonomia e fluência na vida social. Do ponto de vista da leitura e da escrita, a multiplicidade de experiências proporcionadas pela participação em redes sociais também pode ser enriquecedora. Assim como as redes sociais, as ferramentas e estratégias de escrita colaborativa são valiosos instrumentos para o desenvolvimento linguístico, seja estrutural, seja semântico. A cooperação e a negociação de sentidos são fundamentais à construção de um texto cujo foco seja, de fato, a compreensão (o fazer-se entender), a comunicação e a construção de conhecimentos. A integração de linguagens que a escrita digital proporciona também amplia as possibilidades de alcance e interlocução, favorecendo a partilha de experiências, ideias e sentimentos. Em virtude da negociação que um texto colaborativo requer, são mobilizadas a descentração (o colocar-se no lugar do outro), a convivência com pontos de vista diversos e o respeito a variações linguísticas. A unidade 3 da formação enfatiza a integração de mídias e códigos, em especial no contexto da Web 2.0, para a produção colaborativa, a comunicação e a construção de sentidos. Essa integração tem reflexos sobre o desenvolvimento linguístico, assim como sobre a constituição da autonomia e da fluência no compartilhamento de informações e experiências. A mobilização de práticas da cultura digital, conectando diferentes linguagens, também amplia as possibilidades de concepção, análise e fruição de produções artísticas e culturais, além de fortalecer os hábitos da crítica e da problematização como propulsores da reflexão sobre o mundo.  

No ensino médio, na área de Linguagens e suas Tecnologias (BRASIL, 2018, p. 490), as aprendizagens do curso conectam-se à competência de compreensão do funcionamento das diferentes linguagens e práticas culturais e de mobilização desses conhecimentos na recepção e produção de discursos nos diferentes campos de atuação social e nas diversas mídias e à competência de utilização de diferentes linguagens para exercer, com autonomia e colaboração, protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva, de forma crítica, criativa, ética e solidária. Incentivam a apreciação estética de produções artísticas e culturais, considerando suas características locais, regionais e globais, assim como a mobilização de conhecimentos sobre linguagens artísticas para significar e (re)construir produções autorais individuais e coletivas, com respeito à diversidade de saberes, identidades e culturas. Também encorajam a mobilização de práticas de linguagem no universo digital para expandir as formas de produzir sentidos, de engajar-se em práticas autorais e coletivas, e de aprender a aprender nos campos da ciência, cultura, trabalho, informação e vida pessoal e coletiva.

 


 

ATIVIDADES AVALIATIVAS

Atividade 1 – Para além do carrinho de compras - Análise e reflexão sobre conceitos e operações matemáticas envolvidas em uma situação habitual: a ida ao supermercado.

Atividade 2 – Números no supermercado: reflexões - Resolução de um desafio a partir do mote das compras em que se exige a aplicação de conceitos matemáticos como razão, proporção, estimativa, etc.

Atividade 3 – Elaborando estratégias para fazer e compreender - Elaboração de um planejamento com base no material de apoio disponibilizado e nos conhecimentos construídos, implementação e compartilhamento dos resultados.

Conheça as principais características deste curso e encontre cursos semelhantes:
Carga Horária:
50 horas


Modalidade:
Mediado



Caminhos para a Inovação:
Cultura Digital Tempo e Espaço Relações

Autoria:

Profa. Dra. Silvia de Oliveira Kist e Profa. Dra. Patrícia Behling Schäfer


Certificação:

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul

Curso Gratuito
Certificado Incluso
Indique este curso:

*** 100% gratuito | Alinhado à BNCC ***

O mundo digital revolucionou a forma como nos comunicamos e lidamos com a informação, com o tempo e o espaço: ampliou os acessos, rompeu fronteiras, multiplicou dados e os meios de portá-los. Além dessas conquistas, mudou a forma como construímos o conhecimento.

A colaboração é uma das mais promissoras possibilidades com que contamos desde a chamada Web 2.0 ou segunda geração da Internet. Nos últimos anos, vivenciamos, ainda, o desenvolvimento da Web 3.0, capaz de personalizar conteúdos e fluxos de informação, e da Web 4.0, marcada pelo uso massivo da inteligência artificial e pela análise de grandes volumes de dados para tomadas de decisão.


Agora, como aproveitar a potência de toda essa conexão com nossos alunos? Como incentivar as construções coletivas em sala de aula e em outros ambientes (considerando, por exemplo, o panorama do ensino remoto)? Como criar redes entre escolas? Essas e outras questões guiarão o curso, com práticas e inspirações alinhadas a competências e habilidades previstas pela BNCC (Base Nacional Comum Curricular).

>>> Para recomendar a colegas, clique nos ícones acima.

Como esse curso inova
Inova ao instrumentalizar o professor para usos construtivos e contextualizados de diferentes tecnologias com seus alunos, enfatizando a criatividade, a cooperação e o trabalho em rede.
25 de outubro a 22 de novembro

Essa experiência foi maravilhosa, levando à interação não só das crianças, mas também à participação de toda a família, mergulhando em um universo de conhecimentos e aprendizagem de forma espontânea e prazerosa. Assim posso afirmar que, nesta rede de ensino, todos terão uma maior produção em colaborar com a multiplicação dos novos conhecimentos.

Josileide Ferreira, PB.

OBJETIVOS

A partir do curso, espera-se que o professor:

  • apresente uma compreensão ampliada sobre os conceitos de grandezas e medidas e suas relações com outros conceitos matemáticos e de outros campos;
  • inspire-se por meio dos materiais de apoio e das vivências proporcionadas para realizar seu planejamento e potencializar sua prática pedagógica;
  • favoreça ao aluno a operação eficiente com grandezas mensuráveis na resolução de problemas e em situações do cotidiano.

A partir da aplicação de aprendizagens construídas no curso pelo educador, espera-se que o estudante:

  • comunique-se de forma eficiente em contextos de produção textual colaborativa;
  • utilize recursos de escrita e ferramentas multimídia para desenvolver produções autorais com coesão, coerência e adequação à finalidade de interlocução;
  • respeite pontos de vista diversos em construções coletivas;
  • seja capaz de desenvolver narrativas digitais individual e colaborativamente.

 

UNIDADES

Unidade 1: Colaboração na rede - possibilidades e reflexões

A unidade realiza uma varredura pelas diferentes fases da internet e analisa as potencialidades da atual geração da rede de computadores para o desenvolvimento dos aprendizes, considerando, sobretudo, os aspectos de colaboração, autoria e expressão.

Unidade 2: A escrita a muitas mãos

Na unidade 2, são examinadas ferramentas de escrita colaborativa e experimentados métodos para adotá-la com os alunos. As inspirações disponibilizadas buscam ajudar os docentes a abrir horizontes como escritores e orientadores de futuros escritores.

Unidade 3: Produção multimídia colaborativa

Na unidade 3, são exploradas diversas estratégias e ferramentas que potencializam a produção colaborativa multimídia. Apresentações, planilhas, mapas, imagens, vídeos e até programas de computador são alguns dos recursos analisados na perspectiva da autoria em rede.

 

ALINHAMENTO À BNCC

Produções colaborativas mobilizam muitas das competências previstas pela BNCC para o ensino fundamental na área de Linguagens. A unidade 1 da formação, dedicada ao estudo de redes sociais, contribui com o desenvolvimento de competências do componente de Língua Portuguesa de forma mais específica, tais como o reconhecimento da linguagem escrita como forma de interação nos diferentes campos, a inserção ativa na cultura letrada e o envolvimento com autonomia e fluência na vida social. Do ponto de vista da leitura e da escrita, a multiplicidade de experiências proporcionadas pela participação em redes sociais também pode ser enriquecedora. Assim como as redes sociais, as ferramentas e estratégias de escrita colaborativa são valiosos instrumentos para o desenvolvimento linguístico, seja estrutural, seja semântico. A cooperação e a negociação de sentidos são fundamentais à construção de um texto cujo foco seja, de fato, a compreensão (o fazer-se entender), a comunicação e a construção de conhecimentos. A integração de linguagens que a escrita digital proporciona também amplia as possibilidades de alcance e interlocução, favorecendo a partilha de experiências, ideias e sentimentos. Em virtude da negociação que um texto colaborativo requer, são mobilizadas a descentração (o colocar-se no lugar do outro), a convivência com pontos de vista diversos e o respeito a variações linguísticas. A unidade 3 da formação enfatiza a integração de mídias e códigos, em especial no contexto da Web 2.0, para a produção colaborativa, a comunicação e a construção de sentidos. Essa integração tem reflexos sobre o desenvolvimento linguístico, assim como sobre a constituição da autonomia e da fluência no compartilhamento de informações e experiências. A mobilização de práticas da cultura digital, conectando diferentes linguagens, também amplia as possibilidades de concepção, análise e fruição de produções artísticas e culturais, além de fortalecer os hábitos da crítica e da problematização como propulsores da reflexão sobre o mundo.  

No ensino médio, na área de Linguagens e suas Tecnologias (BRASIL, 2018, p. 490), as aprendizagens do curso conectam-se à competência de compreensão do funcionamento das diferentes linguagens e práticas culturais e de mobilização desses conhecimentos na recepção e produção de discursos nos diferentes campos de atuação social e nas diversas mídias e à competência de utilização de diferentes linguagens para exercer, com autonomia e colaboração, protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva, de forma crítica, criativa, ética e solidária. Incentivam a apreciação estética de produções artísticas e culturais, considerando suas características locais, regionais e globais, assim como a mobilização de conhecimentos sobre linguagens artísticas para significar e (re)construir produções autorais individuais e coletivas, com respeito à diversidade de saberes, identidades e culturas. Também encorajam a mobilização de práticas de linguagem no universo digital para expandir as formas de produzir sentidos, de engajar-se em práticas autorais e coletivas, e de aprender a aprender nos campos da ciência, cultura, trabalho, informação e vida pessoal e coletiva.

 


 

ATIVIDADES AVALIATIVAS

Atividade 1 – Para além do carrinho de compras - Análise e reflexão sobre conceitos e operações matemáticas envolvidas em uma situação habitual: a ida ao supermercado.

Atividade 2 – Números no supermercado: reflexões - Resolução de um desafio a partir do mote das compras em que se exige a aplicação de conceitos matemáticos como razão, proporção, estimativa, etc.

Atividade 3 – Elaborando estratégias para fazer e compreender - Elaboração de um planejamento com base no material de apoio disponibilizado e nos conhecimentos construídos, implementação e compartilhamento dos resultados.

Conheça as principais características deste curso e encontre cursos semelhantes:
Carga Horária:
50 horas


Modalidade:
Mediado



Caminhos para a Inovação:
Cultura Digital Tempo e Espaço Relações

Autoria:

Profa. Dra. Silvia de Oliveira Kist e Profa. Dra. Patrícia Behling Schäfer


Certificação:

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul

Produção colaborativa de conhecimento: redes para multiplicar e aprender
Curso Gratuito
Certificado Incluso

Carga Horária

50h