Avalie suas competências em tecnologias digitais e saiba como se aprofundar em Cultura Digital

tecnologias-digitais
Mesmo as tecnologias fazendo cada vez mais parte do nosso dia a dia, alguns professores enfrentam dificuldades devido à falta de familiaridade com mundo digital. Pensando nisso, o CIEB (Centro para a Inovação da Educação Brasileira) lançou uma ferramenta que realiza análises e devolutivas acompanhadas de descrições sobre como o docente pode se desenvolver até chegar ao nível de transformar a própria prática e de apoiar colegas que também queiram mudanças.
Disponível na plataforma EduTec, a “Autoavaliação de Competências Digitais de Professores” pode ser usada gratuitamente por qualquer docente de escolas públicas. O diagnóstico é gerado a partir de um questionário que contempla três áreas: Pedagógica, Cidadania Digital e Desenvolvimento Profissional.
Na área Pedagógica, são avaliadas competências como prática, personalização, avaliação, curadoria e criação. A área Cidadania Digital atenta para o uso responsável, o uso crítico, o uso seguro e a inclusão. No Desenvolvimento Profissional, a ferramenta tem como foco o autodesenvolvimento, a autoavaliação, o compartilhamento e a comunicação.
Após responder 23 perguntas, o professor recebe uma devolutiva, por área e por competência, que detalha seu nível de apropriação das tecnologias digitais. Cada área e competência tem cinco níveis de apropriação: exposição, familiarização, adaptação, integração e transformação. O resultado inclui ainda sugestões de como evoluir, com indicações de materiais, leituras e atividades.

Cultura Digital: aliada na sala de aula 
Para que o professor use cada vez mais recursos tecnológicos em sala de aula, a plataforma Escolas Conectadas desenvolveu um percurso formativo nos Caminhos para a Inovação, sobre "Cultura Digital". Nele o cursista tem acesso a cursos que mostram como a tecnologia pode ser uma aliada na sua prática pedagógica.
Confira algumas das opções do repertório:
  • Escola na nuvem: ferramentas gratuitas de produção online - Neste curso, o participante aprende mais sobre a computação na nuvem e sobre um conjunto de recursos online para que alunos e educadores criem, colaborem e compartilhem. 
  • Produção textual na cultura digital - Neste curso, são introduzidas algumas ferramentas tecnológicas capazes de potencializar o fascinante processo da produção textual. Você aprenderá sobre como utilizá-las, como explorá-las com seus alunos e como fazer delas o ponto de partida ou de chegada de uma escrita criativa.
  • Produção colaborativa do conhecimento: redes para multiplicar e aprender - A colaboração é uma das mais promissoras possibilidades da chamada Web 2.0. Como aproveitar as potencialidades de toda essa conexão com os alunos? O que é necessário para colaborar a partir das redes de informação? Como incentivar as construções coletivas em sala de aula? Como criar redes de colaboração entre alunos de diferentes escolas? Essas e outras questões guiam o curso.
  • Inova Escola: Recursos tecnológicos - Além de descobrir possibilidades de uso dos recursos tecnológicos no contexto educacional, os participantes deste curso são estimulados a debater e compreender como tais recursos estão atualmente ligados às práticas docentes. Além dos notebooks, tablets e computadores, são focados dispositivos que estão sempre à mão, como os smartphones. O curso busca promover reflexões sobre a inovação educativa e a aprendizagem apoiada pelas tecnologias digitais.
  • Laboratório de criação de vídeos de bolso - Neste curso, é trabalhada a produção de vídeos de bolso como recurso para a construção de narrativas, conhecimentos e relações dialógicas entre todos os atores envolvidos nos processos de aprendizagem.
Com informações do portal Porvir.

Conteúdos relacionados