Participe do sorteio: Transforme a educação e concorra a prêmios!

Participe do sorteio: Transforme a educação e concorra a prêmios! Quanto mais cursos você concluir, mais chances de ganhar.

Certificado De Autorização Secap/Me Nº 01.013577/2021

Escolas fechadas, professora conectada: saiba como é a rotina de uma educadora para acompanhar os alunos durante a pandemia

+
13/04/2021
Faz mais de um ano que a professora Carla Alessandra dos Santos, de Alta Floresta, Mato Grosso, não pisa no chão da escola. É que antes mesmo da pandemia, os professores da rede estadual do Mato Grosso estavam em greve, o que já havia modificado o calendário letivo. Quando o planejamento para o ano letivo de 2020 estava completo, com início previsto em meados de março, os planos de Carla mudaram mais uma vez. O ano letivo imaginado na sala de aula se dividiu em dois: apostilas impressas que a escola disponibiliza e planejamento para aulas por videoconferência.

— Não chegamos nem a conhecer os alunos, só os que entram on-line comigo. A maioria prefere apostila. Agora [em 2021] comecei as aulas on-line com eles e estamos indo! Nem tudo são flores, mas continuamos seguindo — conta a profe Carla.

Carla é professora regente de uma turma de segundo ano do Ensino Fundamental, com 21 alunos. Dos 21, oito estão acompanhando a professora por videoconferência. As famílias dos outros 13 estudantes optaram por retirar na escola as apostilas que a educadora elaborou. 

— Eu trabalho numa escola de bairro, poucos têm condições de vir para o on-line. São oito que me acompanham, mas até agora ainda não consegui ver os oito entrando no mesmo dia, sempre falta alguém — relata.

A professora iniciou sua carreira na Educação em 2018 e, desde então, busca a formação continuada em cursos on-line. Chegou ao Escolas Conectadas em abril de 2020, logo que viu que aumentaria o tempo fora da sala de aula. Desde então, foram 37 cursos concluídos na plataforma.

— Eu não tenho muita experiência na escola, estou aqui há três anos. Ler e buscar informações é só conhecimento adquirido. Talvez eu não aplique tudo, mas o que dá pra ir aplicando agora eu uso — analisa. 

Quando se inscreveu, em abril de 2020, Carla completou quatro cursos ligados ao uso pedagógico da tecnologia, entre eles, os cursos Competência digital básica para a educação e Escola Digital: tecnologias e currículo. As inscrições para as duas formações estão abertas a partir do dia 13 de abril. 

— Não são cursos cansativos, você começa a ler e é fácil, tem vídeos e atividades. Por isso que eu gosto de fazer, estava terminando um e me inscrevia em outro — relembra.

Reconhecimento pelas horas de dedicação

No final de 2020, a professora Carla também teve seu progresso nos estudos notado pela Fundação Telefônica Vivo. Ela foi um dos 15 cursistas reconhecidos pela trajetória aqui no Escolas Conectadas, por seu engajamento e desenvolvimento. Todos receberam, em março, a coleção Escolas Criativas, criada em parceria com a Fundação Telefônica Espanha. O projeto disponibiliza a metodologia criativa e inovadora do famoso chef Ferran Adrià e é traduzido pela Fundação Telefônica Vivo. 

Faça como a educadora Carla e inscreva-se nas formações:

ESSE CONTEÚDO FOI INSPIRADOR?

Comentários - 6


Eliane Lopes dos Santos Machado
13/04/21 09:22
Muito inspirador e fiquei feliz de encontrar uma Matogrossense por aqui. 
Também sou do estado de Mato Grosso e me orgulho de saber que temos profissionais conectados e buscando conhecimentos profissionais. 
Vamos compartilhar para que mais colegas aproveitem desses conteúdos e todos sejam beneficiados com essas idéias maravilhosas. Me sinto muito empolgada com esses cursos. Abraços.
Alisson Souza Silva
26/04/21 13:01
Admirável história! É incrível que mesmo com pandemia, greve e recursos limitados os professores nunca desistem, sempre buscando N formas repassar conhecimento. Uma profissão de honra! Parabéns, Profª Carla! 

José Maria de Oliveira
01/05/21 15:05
Parabéns Carla. Quando vir a Minas venha nos contar suas histórias! Adorei! Com este projeto podemos ligar Virginópolis-MG a Alta Floresta-MT e até à Espanha, quem sabe, para conhecermos, futuramente, o mestre Ferran Adrià! Moramos aqui no Vale do Rio Doce a 100km de Governador Valadares e a 120km de Ipatinga, Vale do Aço.

Noeme Pereira dos Santos
03/05/21 09:51
Parabéns Carla gostei do seu depoimento estou nessa correndo atràs dos meus aluno aqui também  poucos tem asseço a internet precisam  usar apostla também com alguns  estou  trabalhando on-line mas ainda tenho muitas dificuldades com os meios tecnólogicos também mas com essa pandemia tivemos que nos  adapitar   .Mas gostei memos de saber que os cursos ajudam muito agente .
Claudinéa Ramos Duarte Nunes
03/05/21 21:10
Parabéns Carla continue assim se aperfeiçoado a nossa formação nunca termina na universidade continua na UE escolar.
Claudinéa Ramos Duarte Nunes
03/05/21 21:10
Parabéns Carla continue assim se aperfeiçoado a nossa formação nunca termina na universidade continua na UE escolar.

Conteúdos recentes