Aprender a comparar grandezas pode ser um divertido desafio

grandezasemedidas
Trabalhar unidades de medidas e a comparação de grandezas com os alunos nem sempre é tarefa fácil — a falta de referências conhecidas aos estudantes pode ser um empecilho na aprendizagem desses conceitos que tanto ajudam as nossas vidas. Pensando nisso, mais uma edição do curso Grandezas e medidas: explorar para compreender será aberta no próximo 18 de novembro. É um curso no qual os professores conhecem novas práticas, compartilham experiências e vivenciam desafios voltados à quantificação e à mensuração de grandezas. O tempo de realização do curso é de quatro semanas.

A formação tem conceitos que conectam a competências e habilidades previstas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), da educação infantil ao ensino médio, com ênfase nos anos iniciais e finais do ensino fundamental.

“Trabalho com a educação infantil e acho importante que desde essa idade, entre 4 e 5 anos, as crianças estabeleçam relações com os produtos adquiridos por elas e seus pais. Com o auxílio de embalagens, procuramos os números e depois estabelecemos a função de cada um: peso, validade, preço, entre outros” relatou a professora Lucineide Batista, de Americana, interior de São Paulo, que realizou o curso em fevereiro deste ano.

Para os alunos da professora Nancy Oliveira, de Capão Bonito, estado de São Paulo, que participou da edição de junho, uma das atividades desenvolvidas foi a "girafa métrica". Os estudantes dela têm entre 6 e 7 anos, o que possibilita uma ação um pouco mais complexa. A ideia é que cada aluno faça uma estimativa da sua própria altura, com a ajuda de um colega, medindo e cortando um barbante de acordo com a sua medida na girafa. Outras atividades foram feitas a partir das práticas exploradas no curso, formando uma "semana temática de grandezas e medidas".

“Desenvolver essa sequência didática possibilitou aos alunos chegar à conclusão de que, utilizando unidades não padronizadas, encontramos resultados diferentes na medição de um mesmo objeto. Assim, foi possível ampliar o conteúdo apresentando as unidades de medidas de massa e comprimento de uma maneira mais significativa para o cotidiano deles” conta a professora Nancy.

As três unidades proporcionam um espaço de troca entre docentes, além do diferencial de praticar enquanto o curso está em andamento. Para obter a certificação, fornecida pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs), os cursistas devem realizar as atividades propostas na plataforma e construir um planejamento didático a partir das estratégias compartilhadas, evidenciando como a construção dos conceitos de grandeza e de unidade de medida por parte dos alunos será organizada.

Inscreva-se na próxima edição do curso Grandezas e medidas: explorar para compreender!

Conteúdos relacionados